SETAS participa de reunião com governo do estado para criação do Conselho da Juventude em Soledade

 

Pensando em estimular a participação da juventude nos diversos canais de participação existentes na cidade e oferecer um olhar diferenciado ao jovem, através da promoção de políticas públicas destinada a esse público, a Secretária de Trabalho e Assistência Social (SETAS), de Soledade, Janaína Barros, esteve reunida, na última segunda-feira (12), com representantes da Secretaria Executiva da Juventude – Sejel na Vila Olímpica de João Pessoa. Na pauta esteve a constituição de um Conselho da Juventude em Soledade e em diversos municípios paraibanos. O encontro fez parte da agenda de lançamento do Mês da Juventude, feito pelo Governador João Azevedo, também nesta segunda-feira.

Durante o encontro foram tratados temas relativos à criação dos Conselhos, tais como suas atribuições, a exemplo de formular e diretrizes voltadas para as políticas públicas de juventude, desenvolver estudos e pesquisas sobre a realidade socioeconômica dos jovens, e normas, como a sua representação municipal, estadual e nacional. Segundo Janaina Barros, secretária da Secretaria de Assistência Social de Soledade (SETAS), a proposta do governo do estado de implantação do Conselho foi muito bem recebida e deve se tornar realidade dentro em breve.

“A indicação de instituir o Conselho municipal está sendo levada a todos os municípios paraibanos durante este mês de agosto durante a programação do Mês da Juventude. Em setembro, a Sejel voltará a nos visitar para dar início à implantação do Conselho em Soledade”, comentou Janaína, satisfeita com a ideia. Ela acrescentou ainda que a Prefeitura está estudando uma forma de criar também a Coordenação da Juventude.

Participaram da reunião representando a Sejel, a gerente operacional de Articulação Territorial, Denise Miranda, e a gerente executiva de Políticas Públicas da Sejel, Rayza Miranda. De Soledade estiveram a secretária da SETAS, Janaína Barros, a secretária adjunta da SETAS, Surama Garcia, e a coordenadora do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Josefa Martins.

Segundo o Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), em todo o Brasil existem apenas 105 conselhos municipais e estaduais mapeados em 2010 pela entidade. Eles são ligados ao Conjuve, que foi criado em 2005 pela Lei 11.129, que também instituiu a Secretaria Nacional de Juventude, vinculada à Secretaria-Geral da Presidência da República (SNJ/SG/PR), e o Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem).

COMPARTILHAR