Prefeitura entregará diversas obras em Soledade a começar  pelas Unidades Básicas de Saúde já em fase de conclusão

A Prefeitura Municipal de Soledade está com diversas obras em andamento na cidade. Com recursos próprios ou parceria e convênios com os governos Federal e Estadual, os investimentos somam R$ 8,7 milhões. Segundo informações da Secretaria de Obras e Trânsito, algumas delas já devem ser entregues em maio, enquanto que outras estão em fase de conclusão para serem entregues à população em junho e as demais, no mais tardar, no segundo semestre do ano, como a construção do Ginásio Poliesportivo no bairro do São José, e a reforma e ampliação do Serviço de Convivência e da Escola Municipal Antônio Henrique de Gouveia, na zona rural de Soledade.

Este mês, a Prefeitura entregará à população duas, das três novas Unidades Básicas de Saúde (UBS) que estão sendo construídas através de convênio com o governo federal. Tudo indica que a primeira delas a ser inaugurada será a UBS do Centro de Soledade, um investimento de R$ 430 mil. A segunda será a UBS do bairro de Chico Pereira, que custou R$ 408 mil. A terceira UBS, que está sendo construída, fica em Santa Teresa e representa um investimento de R$ 430 mil, cuja obra deve ser concluída em junho.

Muitas ruas também estão sendo pavimentadas na cidade para melhorar o tráfego e a qualidade de vida dos cidadãos, que conviviam com poeira, buracos e muito lamaçal m épocas de chuva. Um investimento na ordem de R$ 700 mil, distribuídos em ruas como a José Rufino de Carvalho, no bairro de Bela Vista; a José Garcia de Sousa, no Mutirão; e a José M. Cavalcanti, em Santa Teresa, com uma parceria com os próprios moradores da rua. Dentro do conjunto dessas obras também esteve rua José Marques Vasconcelos, já entregue aos moradores toda pavimentada. Além disso, uma praça no São José também foi construída, com recursos próprios, e já foi entregue à população que usufrui do investimento de R$ 100 mil.

E as melhorias não param por aí. Nesse segundo semestre a Prefeitura de Soledade ainda concluirá a obra do Ginásio Poliesportivo no bairro de São José, que custou R$ 500 mil, atendendo a uma demanda dos moradores; também entregará a reforma e a ampliação do Serviço de Convivência, um braço da Secretaria de Trabalho e Assistência Social da Prefeitura, que atende a cerca de 350 crianças e adolescentes no ano e precisava de reparos. A obra foi orçada em R$ 90 mil, todo com recursos próprios.

Os alunos da zona rural também terão o que comemorar. Em breve, a Prefeitura concluirá as obras de ampliação e reforma da escola Municipal Antônio Henrique de Gouveia, em Santa Luísa. Um investimento de R$ 120 mil para proporcionar um maior conforto aos estudantes e acessibilidade a quem precisa. “A escola não tinha estrutura para a quantidade de alunos que possui. As salas eram pequenas, não tinha a mínima acústica e nem conforto. Na verdade, funcionava de forma precária. Estamos ampliando e revitalizando toda a estrutura dela, inclusive obedecendo à Lei de Acessibilidade”, comentou o Secretário Adjunto de Obras, o engenheiro civil, Gustavo Luiz.

Em fase de licitação/contratação

Outras novidades que vêm por aí é a construção de uma nova creche, duas passagens molhadas na cidade, um matadouro ( em fase de projeto na Caixa Econômica Federal) e obras de esgotamento sanitário. Segundo Gustavo Luiz, a creche, modelo tipo I, orçada em R$ 2,2 milhões no bairro Gouveião, já passou por licitação e já está contratada, aguardando apenas o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDES) liberar os recursos para início da construção. A creche está no Projeto Proinfância Tipo 1 do FNDE, no Ministério da Educação. Segundo o projeto arquitetônico o espaço terá capacidade de atendimento de uma média de 376 crianças, distribuídas em dois turnos, ou 188 crianças em período integral.

Além disso, a Prefeitura construirá duas passagens molhadas. Uma na comunidade Arruda, orçada em R$ 217.506,57 e outra no Distrito de Bom Sucesso. No Distrito ainda haverá a construção de uma barragem subterrânea e poço Amazonas, tudo orçado em R$ 343.008,22. O esgotamento sanitário de Soledade também está no conjunto de obras e esse investimento é no valor de R$ 3,5 milhões. O Secretário Ajunto de Obras destacou que tudo isso já está licitado e que aguarda apenas o fim das chuvas para dar início às obras.

“Os moradores de Soledade já sentiram, no dia a dia, as mudanças que nós implementamos nestes dois anos de gestão, em todas as áreas, e já percebem que o município avança a passos largos rumo ao futuro e ao desenvolvimento”, finaliza o prefeito Geraldo Moura.

COMPARTILHAR