Prefeito prestigia abertura do curso de Doces Finos promovido pelo CRAS, em parceria com o SENAC

            Começou na noite desta segunda-feira (20), as aulas do curso profissionalizante de Chocolate e Doces Finos ofertado pelo Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) de Soledade, através de uma parceria da gestão municipal com o SENAC. No dia, as vinte pessoas que se inscreveram no curso participaram de uma aula inicial que contou com a presença do prefeito de Soledade, Geraldo Moura, da Gerente do SENAC-PB, Marineuma Roque, da secretária do Trabalho e Assistência Social de Soledade, Janaína Barros, a secretária adjunta, Surama Garcia, bem como da coordenadora do CRAS, Josefa Martins.

            De acordo com a coordenadora do CRAS, Josefa Martins, os inscritos estavam muito ansiosos para o início das aulas e este primeiro contato foi bem positivo para todos. “Percebi a ansiedade deles. Independente de já ter contato com a área de doces finos ou não, todos estavam ali para aprender. Para quem já tem um negócio, o objetivo é melhorar seu produto. Quem não tem ainda, nem trabalha com confeitaria, está em busca de uma fonte de renda e de uma forma ou outra o curso atenderá esses objetivos”, avalia a coordenadora do CRAS.

            Na oportunidade, o prefeito Geraldo Moura falou da relevância da parceria da prefeitura com o SENAC e frisou a responsabilidade de cada um que se inscreveu de continuar frequentando as aulas até o final. “Nós, através dessa parceria com o SENAC, temos o compromisso de dar uma chance a quem quer se capacitar. Para isso, estamos com o SENAC que é referência em todo o Brasil nesse quesito e vocês sairão do curso muito melhores e capazes para alcançar seus objetivos”, destacou Geraldo Moura.

            A secretária do Trabalho e Assistência Social, Janaína Barros, reforçou as palavras do prefeito salientando que a ideia é garantir o desenvolvimento de habilidades de pessoas em situação de vulnerabilidade social que necessitam de renda para sustentar suas famílias. “Todos os cursos ou capacitações ou mesmo as oficinas que são realizadas no CRAS têm o intuito de fortalecer as famílias em situação de vulnerabilidade social.”, comentou Janaína.

            O pré-requisito para a inscrição no curso profissionalizante de Chocolate e Doces Finos era ter no mínimo 18 anos, ter o ensino fundamental incompleto ou ser profissional da área. As aulas do curso serão de segunda a sexta-feira, das 18h30 às 21h30, na sede do CRAS, em Soledade. A duração do curso é de duas semanas.

COMPARTILHAR