Gestora do Cadastro Único participa de curso da CEF para dar mais qualidade ao atendimento dos beneficiados do Bolsa Família

A Capacitação de Gestão do Cadastro Único (CadÚnico) e Bolsa Família, promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Humano   do governo do estado e Caixa Econômica Federal – CEF teve a participação da gestora municipal do Cadastro Único em Soledade, Izoneide Cordeiro. Realizada nesta quinta e sexta-feira, a capacitação ocorreu na sede da Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal da Paraíba – APCEF. O objetivo da ação é atualizar os gestores do Sistema do Cadastro Único uma vez que o programa ganhou uma nova versão em junho. A capacitação é uma recomendação do Ministério da Cidadania que, através do governo do estado, conclama todas as Prefeituras a participarem da atualização. A CEF é quem oferta seus instrutores para a qualificação dos gestores, numa parceria com o Ministério.

Durante os dois dias do treinamento, os 25 técnicos municipais puderam aprender detalhadamente sobre os processos internos do sistema do cadastro único, para utilizarem o sistema da melhor forma possível, a exemplo de como cadastrar uma família, os tipos de famílias que podem ser cadastradas, as alterações realizadas, atualização cadastral do sistema, visando à realização do cadastramento de forma padronizada e 100% correta. Foi visto ainda as modificações ocorridas. A versão 7.20.01 reformulou as telas de Buscar Família e a consulta ao Histórico da Família e Histórico da Pessoa. Uma das modificações foi a integração das abas Código Família, pelo NIS e Integrante da Família para otimizar a navegabilidade do sistema.

 A gestora do CadÚnico da Prefeitura de Soledade, Izoneide Cordeiro, afirmou que as alterações acontecem numa média de dois em dois anos e que elas vêm sempre para melhorar o dia a dia de quem trabalha com o cadastro e com o Bolsa Família. “O sistema traz melhorias relacionadas aos processos de consulta aos dados de pessoas e famílias cadastradas na base nacional. Uma dessas modificações, por exemplo, foi a busca pelo CPF da pessoa. Antes era apenas pelo NIS”, destacou a gestora, frisando que é importante a Prefeitura enviar seu gestor para a capacitação. “A qualificação dos operadores é de extrema importância para que possamos ofertar um atendimento de qualidade a todos os inscritos no cadastro único e também aos beneficiários do Bolsa Família”, disse Izoneide que esteve na capacitação acompanhada da operadora do CadÚnico em Soledade, Vânia Correia.

Informações detalhadas sobre a operacionalização das novas funcionalidades e demais aprimoramentos do sistema do Cadastro Único poderão ser consultadas na Instrução Operacional nº 1/DECAU/SAGI ou no próprio site do Ministério da Cidadania.

Em Soledade, quase três mil pessoas são beneficiadas com o programa do Bolsa Família, que é um programa de transferência condicionada á renda e beneficia famílias pobres e extremamente pobres, inscritas no Cadastro Único. Para ser contemplado, o beneficiário deve seguir algumas condicionalidades, entre elas estão: as visitas periódicas ao Posto de Saúde, atualização do cartão de vacinação das crianças e acompanhamento pré-natal das gestantes.

Diversos programas e benefícios sociais do Governo Federal utilizam o Cadastro Único como base para seleção das famílias: ​​Programa Bolsa FamíliaPrograma Minha Casa, Minha Vida,  Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – PETI​, de Cisternas, Telefone Popular; Tarifa Social de Energia Elétrica, Fomento – Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, dentre outros. Os Estados e municípios também utilizam os dados do Cadastro Único como base para seus programas sociais.​

COMPARTILHAR