3.851 DOSES DA VACINA FORAM APLICADAS EM GRUPOS PRIORITÁRIOS

Em meio à pandemia, onde o medo e a insegurança se tornam uma única palavra, eis que surge à esperança.

Com Deus acima de todo o mal que vivemos, Ele com seu poder e misericórdia de seus filhos, prepara o homem para encontrar o caminho da cura.

Um caminho doloroso percorrido num período de um ano, onde exatamente há 100 dias chegou à Soledade a primeira dose da vacina contra Covid-19, que foi aplicada na enfermeira Maria de Zé de Nãna.

Até então o Vacinômetro da Esperança registra a vacinação contra o Coronavírus de 2.299 D1 (primeira dose) e 1.552 D2 (segunda dose), totalizando 3.851doses aplicadas em pessoas que compõem os grupos prioritários, segundo o Ministério de Saúde.

“Um trabalho importante realizado por uma equipe dedicada, a qual eu tenho o maior orgulho em fazer parte.” Disse a secretária de Saúde, Larissa Moura Ramos.

A secretária falou a Assessoria de Comunicação – ASCOM sobre a disponibilidade dos profissionais responsáveis pela imunização neste município. “Não importa o dia, nem à hora, a cada remessa chegada à Unidade de Saúde lá estão eles, arregaçando as mangas (literalmente) para levar esperança ao povo Soledadense. Muitas vezes, eles olham entre si e enxergam um no outro o cansaço físico que, logo, abre espaço para um sorriso no olhar pela satisfação da missão cumprida.” Disse Larissa.

Diante destes relatos e dos inúmeros testemunhos postados nas redes sociais por meio de palavras e imagens, a Gestão Municipal de Soledade registra os parabéns e agradecimento a cada profissional da saúde, que direto ou indiretamente contribuíram para alcançar este resultado.

PMS/ASCOM

COMPARTILHAR