Prefeitura de Soledade já tem novo Chefe de Gabinete e CREAS novo Assessor Jurídico  

 As últimas edições do Diário Oficial dos Municípios traz a nomeação de dois novos auxiliares do prefeito de Soledade, Geraldo Moura. Com a publicação das portarias, o novo Secretário Chefe de Gabinete da Prefeitura passa a ser o advogado, Guilherme Souto Batista, desde dia 29 de abril. O também advogado, Jose Antônio Cordeiro de Oliveira, passou a atuar como Assessor Jurídico do CREAS, a partir do dia 07 de Maio.

“Esses dois profissionais têm muito a agregar valor à nossa gestão, tanto pelo currículo e competência em todas as funções que já assumiram anteriormente, inclusive, em gestões públicas, quanto pelo compromisso com a atual gestão e com o povo de Soledade”, destaca o prefeito Geraldo Moura, destacando que ambos são muito respeitados e queridos da sociedade soledadense e filhos de famílias tradicionais da região.

O novo Chefe de Gabinete da Prefeitura, que também já atuou como assessor jurídico do CREAS e também é ex-secretário de Administração, Fazenda e Planejamento de Soledade, a vontade é contribuir para que Soledade avance ainda mais. “As expectativas são no sentido de contribuir com a gestão do Prefeito Geraldo, que vem fazendo um ótimo trabalho e que sempre busca aperfeiçoar e melhorar a cada dia, pois uma gestão eficiente reflete diretamente na vida do cidadão ou da cidadã no sentido de ter melhores serviços públicos, como, por exemplo, temos hoje várias obras sendo realizadas além de outras que estão para iniciar, além de inúmeros melhoramentos nos serviços da Saúde e Educação, dentre outros”, destacou Guilherme.

Para José Antônio, que já ocupou os cargos de Secretário de Saúde e de Administração, Fazenda e Planejamento de Soledade, a expectativa em poder contribuir com a atual gestão é a melhor possível. “Espero contribuir positivamente com o povo de minha terra, em especial, com àquelas famílias que têm seus direitos violados ou ameaçados e com aqueles grupos vulneráveis (crianças, idosos, pessoas especiais, etc.).
Espero defender os direitos básicos que cada um deles têm, especialmente, o direito a Dignidade da Pessoa Humana, tendo em vista que as famílias mais vulneráveis precisam ser tratadas com respeito, ética, solidariedade e responsabilidade”, disse o novo assessor jurídico do CREAS.

COMPARTILHAR